Arquivos do Blog

Netflix estaria interessado em uma segunda temporada de Hemlock Grove

A estreia de Hemlock Grove no Netflix trouxe uma audiência significativa para o serviço de streaming. Não é à toa, portanto, que uma segunda temporada já esteja nos planos dos executivos.

Em uma conversa com o The Hollywood Reporter (via Daily Dead), Ted Sarandos (chefe de conteúdo do Netflix) afirmou que existem conversas a respeito de mais uma temporada e que, até o momento, os executivos estão ouvindo “linhas narrativas e histórias para mais um ano”. No entanto, ainda nada está confirmado oficialmente.

Além disso, Sarandos falou um pouco a respeito das reações que a série recebeu, especialmente entre os fãs do gênero de terror. “Hemlock é muito mais polarizada: ou você ama ou odeia. As pessoas que amaram a série a ligaram a American Horror Story, e não a Vampire Diaries. Além disso, a produção foi incrivelmente popular nos países nórdicos por causa dos Skargards (Bill Skargard está no elenco) e na américa latina, onde o gênero horror faz sucesso”, completa.

Ainda falando sobre a série atender a um público mais jovem (uma das críticas feitas à produção), o chefe de conteúdo acredita que “Hemlock Grove é horror, mas não é o terror da CW. É muito mais adulto do que isso. Portanto, gostaríamos de olhar outras séries que se encaixam nessa categoria”.

A produção original do Netflix conta com 13 episódios nesta primeira temporada e traz a assinatura de Eli Roth (O Albergue) na produção. Todos os episódios estão disponíveis (em versões legendadas e dubladas) no serviço de streaming.

Anúncios

House of Cards é a série mais vista do Netflix

House of Cards, primeira produção própria do Netflix, se tornou o programa mais visto da história do canal de streaming. A empresa não quis divulgar os números, mas comemorou o resultado anunciando dados de uma pesquisa de qualidade, feita com espectadores norte-americanas, que impressionam.

10% dos assinantes assistiram a pelo menos um episódio nos 12 primeiros dias após a rede ter disponibilizado House of Cards. 19,4% acompanharam todos os 13 capítulos da temporada inaugural.

79% destes espectadores aprovaram a série estrelada por Kevin Spacey – 36% acharam a série “extraordinária” e 43% a classificaram como “boa”. Uma média maior de assinantes, cerca de 86%, disse que não tem intenção de cancelar o serviço de streaming porque pretende acompanhar o drama político de David Fincher. Trata-se de uma grande conquista para o Netflix, que já garantiu de cara a lealdade do público da atração.

Outro dado importante, 90% dos espectadores gostaram da ideia do canal ter liberado todos os episódios de uma vez. Os outros 10% da amostra se mostraram indiferentes, mas ninguém se opôs à estratégia.

A série se inspirou no romance britânico homônimo de Michael Dobbs, situado no fim do mandato de Margaret Thatcher como Primeira-Ministra da Inglaterra. Escrita por Beau Willimon (Tudo pelo Poder), a versão americana acompanha a vida de Frank Underwood (Spacey), líder do partido republicano que, após perder o prometido cargo de Secretário de Estado, começa a armar vingança contra os poderosos da Casa Branca.

Os 13 episódios da primeira temporada foram disponibilizados no dia 1º de fevereiro. House of Cards já tem sua segunda temporada garantida.

%d blogueiros gostam disto: