Arquivos do Blog

Veronica Mars | Primeira versão do roteiro do filme já está pronta

Após ter arrecadado US$ 4,5 milhões numa campanha online para a realização do filme de Veronica Mars, o criador da série, Rob Thomas, anunciou em sua rede social que já concluiu a primeira versão do roteiro.

O objetivo da campanha era angariar US$ 2 milhões. Satisfeito com o dinheiro extra, Thomas disse que ele será bem empregado no projeto. “Nós queremos que vocês saibam que não vamos pegar todo o dinheiro adicional e nadar em uma montanha de moedas de ouro como o Tio Patinhas”, brincou ele. “Parte do dinheiro será usado para prêmios e incentivos que vamos oferecer para vocês”, acrescentou.

Recentemente, Thomas adiantou os primeiros detalhes sobre a versão cinematográfica. Atenção para os possíveis spoilers a seguir!

O filme começa com a reunião de 10 anos dos estudante do colégio Neptune High School, mostrando Veronica (Kristen Bell) de novo amor e flertando com uma nova carreira. Após ter cursado as faculdades de Stanford e Columbia Law School, ela desistiu de seguir no ramo de investigações e agora procuraemprego em firmas de advocacia de Nova York.

“Não vamos retomar casos de Veronica. Eu quero fazer um filme que seja acessível para as pessoas que não tenham assistido Veronica Mars antes. Tudo que você precisa saber é que Veronica era uma investigadora adolescente e que ela desistiu disso. E vai acontecer algo já no começo do filme que vai fazê-la voltar para Neptune, lhe dando mais uma chance de voltar a ser uma investigadora”, disse Rob Thomas sobre a mudança de ares da protagonista.

Além de Bell, Jason Dohring (Logan) e Enrico Colantoni (Keith Mars) são os únicos confirmados no elenco. Negociações com mais atores da série original devem começar em breve.

O longa entrará em produção logo na segunda metade deste ano para um lançamento limitado nos cinemas em 2014 – chegando logo depois em plataformas digitais.

Anúncios

Efeito Veronica Mars: filmes de Firefly e Chuck podem ser os próximos financiados por fãs

O filme da série Veronica Mars, após ter arrecadado online US$ 2 milhões em menos de 24 horas, abriu um precedente na história do cinema, e pode servir de inspiração para outros projetos.

Já se especula que podem aderir à iniciativa outras duas séries com uma grande base de fãs, Firefly e Chuck. Joss Whedon, que criou a sci-fi cult de curta duração – Firefly teve apenas uma temporada, exibida entre 2002 e 2003 – reconhece a façanha de Veronica Mars, mas diz que de imediato não pensa em buscar crowfunding para adaptar seu programa.

“Meu sentimento quando eu li sobre Veronica Mars foi uma espécie de pavor, porque eu percebi que Dollhouse ou Firefly também estaria na cabeça das pessoas no momento. Eu já falei várias vezes que adoraria fazer um outro filme de Firefly com esse pessoal [Serenity, de 2005, foi feito com o mesmo elenco] e continuo dizendo isso. Porém, o que pesa é o fato de eu ter assinado com a Marvel pelos próximos três anos, e eu ainda não consegui tirar Dr. Horrible 2 do papel por causa disso. Então, agora nem considero a ideia de fazer isso [crowfunding] e não farei. Daqui a alguns anos, quando Nathan [Fillion, astro de Firefly] não estiver mais com [a série] Castle e eu não for mais o Tom Hagen do Universo Marvel, fazendo filmes gigantes, nós veremos como o mercado estará então. Mas, por enquanto, nada de Kickstarter [site de doações] para mim”, disse Whedon ao BuzzFeed.

O receio do cineasta também é com a qualidade do roteiro: “Claro, tenho esse outro medo… E se o filme não for tão bom? Eu posso fazer algo que não seja tão bom, não tem problema. Mas se eu fizer o filme de Firefly e não for tão bom, eu me sentirei muito estúpido”, confessou.

Já Zachary Levi, o astro de Chuck – série de Josh Schwartz que durou cinco temporadas, entre 2007 e 2012 – tem esperanças de levar as aventuras do espião para as telonas. No seu Twitter, Levi felicitou Rob Thomas, o criador de Veronica Mars, e sua estrela Kristen Bell, afirmando ainda que a campanha da dupla “ajudou a levar o entretenimento mais perto da direção em que sempre esperei que chegaríamos”.“A notícia aumenta minha esperança de poder fazer para vocês um filme de Chuck. Sejam pacientes”, acrescentou o ator no microblog.

Schwartz também “apoia sinceramente” o pedido dos fãs, que até hoje querem o retorno do divertido agente secreto, mas ressalta que será necessário arrecadar bem mais do que US$ 2 milhõe

%d blogueiros gostam disto: